PAULA PEQUENO


Paula Pequeno sofre distensão na coxa esquerda, e deve ficar de fora do jogo contra Campos

A boa fase do Finasa na Superliga Feminina de Vôlei 2004/2005 está sendo ameaçada pelas contusões de algumas das principais jogadoras do elenco. Invicta e com apenas um set perdido há cinco jogos, a equipe de Osasco pode ter desfalques na partida de quarta-feira, contra Oi/Campos, fora de casa.

A jogadora que inspira mais atenção é a atacante Paula Pequeno, que vinha sendo destaque do time nas últimas partidas. Ela sofreu distensão na coxa esquerda no treinamento desta quinta-feira pela manhã e deve ficar sem treinar com bola até a semana que vem, quando será avaliada novamente.

Ela, no entanto, espera estar em quadra já no jogo contra a equipe de Campos. “Não queria ficar fora desta partida, mas também não posso abusar e acabar me prejudicando mais ainda”, comentou a atleta nesta sexta, quando o time treinou na Academia do Bradesco.

O médico do Finasa, Laércio Ricco, confirmou que o caso de Paula Pequeno é efetivamente o que exige maior cuidado. “A Paula será reavaliada na segunda-feira, quando a gente saberá se ela está com dores. Neste momento, ela é dúvida para o jogo em Campos”, diz o médico, que confirmou ainda que o quadro da atacante Luciana vai evoluindo bem e a jogadora não precisará passar por cirurgia.



 Escrito por rodrigo às 13:58:07
[   ] [ envie esta mensagem ]




Paula Pequeno volta a ser o destaque do FINASA/Osasco

A atacante Paula Pequeno era no início da Superliga Feminina de Vôlei de 2004/2005 uma boa opção que o técnico José Roberto Guimarães tinha no banco de reservas. Retornando de uma grave lesão, não tinha condições de ser titular. A contusão abdominal de Érika, sofrida no fim de dezembro, porém, colocou novamente a reserva em condição de destaque. E ela vem aproveitando muito bem a oportunidade. Desde então, Paula vem subindo de produção e já é um dos destaques do bicampeão brasileiro.

A atacante brasiliense, de 23 anos, era titular do Finasa quando rompeu os ligamentos do joelho esquerdo, em fevereiro de 2004, em uma partida contra o time do Brasil Telecom/Força Olímpica, em Sobradinho (DF). A contusão acabou por deixá-la fora da Superliga 2003/2004 e da seleção brasileira que disputou os Jogos Olímpicos de Atenas.

Paula não sente há muito tempo dores no local da lesão. Ela diz que nem mesmo perde tempo lembrando disso. “Agora eu só penso em coisas boas, não olho mais para trás, só para frente”, comenta a atacante, que voltou às quadras em outubro, ainda durante o Campeonato Paulista.

A atleta coloca como divisor de águas dessa nova fase de sua carreira a vitoriosa participação do Finasa no Top Volley International, torneio disputado em dezembro, na Suíça. “Física e tecnicamente acho que estou até melhor que antes da contusão. O que estava faltando era ritmo de jogo”, acredita a jogadora. “Por isso mesmo foi tão importante para mim o torneio na Suíça, onde pude jogar bastante.”

 

Ela vê uma evolução natural em seu jogo, como o posicionamento em quadra, algo que ela tinha perdido no tempo que ficou afastada. “Nas últimas três partidas da Superliga tenho conseguido manter a regularidade e a cada dia aumentam a confiança e a consistência no meu jogo”, comenta. “É fundamental que o time e a levantadora confiem em mim.”

O técnico José Roberto Guimarães está satisfeito com a recuperação de Paula. “Acho que ela ainda não atingiu o nível que tinha antes da contusão, mas está ganhando ritmo de jogo e melhorando a cada partida”, comenta o treinador, que destaca a personalidade que Paula mostrou ao substituir outra grande jogadora, caso de Érika, que faz falta em qualquer time.

Érika, aliás, está voltando ao melhor da sua forma, o que para Paula só demonstra que a disputa pela posição com a grande amiga vai ser boa. “Somos muito amigas, estamos sempre juntas, mas as duas querem jogar. Além disso, somos profissionais e queremos sempre estar dentro de quadra, ajudando a equipe”, explica Paula Pequeno.

Com isso, Zé Roberto agora vai ter o tipo de “problema” que todo treinador gostaria de ter: a disputa de posição. “Vamos precisar de todas as atletas muito bem preparadas nesta reta final da competição. Quem ganha com isso é a equipe, sem dúvida”, completa o técnico bicampeão brasileiro.



 Escrito por rodrigo às 13:52:57
[   ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]




 
Histórico
  20/02/2005 a 26/02/2005
  06/02/2005 a 12/02/2005
  30/01/2005 a 05/02/2005
  16/01/2005 a 22/01/2005
  09/01/2005 a 15/01/2005
  02/01/2005 a 08/01/2005
  26/12/2004 a 01/01/2005
  19/12/2004 a 25/12/2004
  12/12/2004 a 18/12/2004
  05/12/2004 a 11/12/2004
  28/11/2004 a 04/12/2004
  21/11/2004 a 27/11/2004
  07/11/2004 a 13/11/2004
  31/10/2004 a 06/11/2004
  24/10/2004 a 30/10/2004
  17/10/2004 a 23/10/2004
  10/10/2004 a 16/10/2004
  26/09/2004 a 02/10/2004


Outros sites
  cbv
  Finasa - Osasco
  MRV / Minas
  Érika Coimbra
  Virna
  Meninas do Volei
Votação
  Dê uma nota para meu blog



O que é isto?